3 de maio de 2013

Secretaria de Agricultura inicia vacinação contra febre-aftosa


A Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária iniciou nesta sexta-feira, dia 3 de maio, a primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Febre Aftosa, que conta com a parceria do Sindicato Rural, EMATER-RJ (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Rio de Janeiro) e do Núcleo de Defesa Sanitária do Estado do Rio de Janeiro. A campanha vai até o dia 31 de maio.


Segundo o médico veterinário da Secretaria, João Ricardo Teixeira Neves, a expectativa do órgão é vacinar todo o gado de bovino da cidade, estimado em um total de 42 mil animais, repetindo a marca atingida na última campanha, em novembro de 2012, quando 98,8% do rebanho foi vacinado.


- Todos os animais devem ser vacinados, mas a vacinação é de responsabilidade do produtor, que deve adquirir as doses por conta própria. Em Resende, a Secretaria de Agricultura atua dando suporte aos pequenos produtores, que compram as vacinas e recebem a visita de nossa equipe para ministrá-las aos animais. Nossa expectativa é de vacinar entre dois e três mil animais de 40 pequenos produtores - explicou, salientando que o produtor que quiser receber a visita da equipe deve entrar em contato com a Secretaria, pelo telefone (24) 3360-7502 ou pessoalmente, na sede da Secretaria de Agricultura, que fica no Parque das Exposições, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, para o agendamento.


O veterinário destacou que a vacina é controlada pelo Governo do Estado e os produtores recebem, junto com a Nota Fiscal, uma declaração de vacina, que deve ser entregue ao Núcleo de Defesa Sanitária do Estado do Rio de Janeiro, na Rua Coronel Braziel, 33, Campos Elíseos, para que seu gado seja declarado vacinado. Ele lembra que as doses da vacina estão disponíveis para a compra somente durante o período da campanha e após este período, aqueles proprietários que não tiverem imunizado seus animais poderão ter seu cadastro bloqueado e receber multa até resolver a situação.


- Há 15 anos o Estado do Rio erradicou a febre aftosa, mas a vacinação continua sendo realizada. A previsão é de que as campanhas sejam diminuídas, gradativamente, até não serem mais realizadas, como já acontece em outros estados. Em novembro teremos a segunda etapa, que será destinada somente a animais com até dois anos de idade - explicou o veterinário.


Mais notícias no site: www.destaquepopular.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário