30 de junho de 2014

Escola premiada por seu trabalho com autistas


A Escola Municipal Abrahão Hermano Ribenboim, na Cidade Alegria, teve seu trabalho reconhecido esta semana, quando foi informada pela coordenadora da MOAB (Movimento Orgulho Autista Brasil), Cláudia Moraes, que a unidade irá receber em Brasília, em outubro, o Prêmio Orgulho Autista.


O prêmio foi instituído em 2005 pela ONG, através do Conselho Brasileiro do Prêmio Orgulho Autista, a fim de evidenciar pessoas e instituições que se destacaram com trabalhos voltados para pessoas diagnosticadas autistas.


- O mérito foi da professora Rachel Vitorino, que é a responsável pela Sala de Recursos da escola e foi quem fez o relato do trabalho realizado no local para atendimento de alunos com autismo - comemorou a presidente do Instituto de Educação da Secretaria Municipal de Educação (EDUCAR), Rossilene Albuquerque Campos Amado.


Rachel Vitorino explicou que recebeu a notícia da premiação com surpresa:


- Eu trabalho com a Claudia Moraes em um instituto em Volta Redonda, e ela me pediu para fazer um relato do trabalho que nós realizamos na Abraão Hermano Ribenboim e nos inscreveu, sem me contar. Fiquei surpresa, mas muito feliz - comemorou a professora.


A escola da Cidade Alegria é a única da rede municipal que possui uma sala de recursos específica e estruturada para o desenvolvimento de alunos com autismo, onde são trabalhados coordenação motora, percepção sensorial, temporal e espacial e possui uma estrutura pedagógica. No local, os alunos são atendidos por Rachel e ainda pela professora Daiane Pereira. Rachel ainda percorre as demais unidades de ensino do Município onde são detectadas crianças com autismo para orientar sobre o atendimento adequado dos alunos.


Mais notícias no site: http://www.destaquepopular.com.br/13384/Escola-premiada-por-seu-trabalho-com-autistas.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário