25 de setembro de 2013

Resende adquire desfibrilador automático para atenção básica


A prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, de Resende, realiza esta semana dois cursos de capacitação voltados para profissionais da rede de atenção básica de saúde. O primeiro, sobre morte súbita, aconteceu na terça-feira, dia 24 de setembro, às 9 e às 13 horas, no CDI (Centro de Diagnósticos e Imagem), ao lado do Hospital de Emergência.


Segundo a Superintendente de Atenção Básica da Secretaria de Saúde, Ana Paula Bueno, a prefeitura adquiriu 10 Desfibriladores Externos Automáticos (DEA), e o objetivo é capacitar médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem de 24 unidades do PSF (Programa de Saúde da Família) para utilizarem o equipamento.


- Qualquer pessoa pode utilizar o DEA, mas é necessária uma capacitação. Por isso decidimos ministrar este curso, que será ministrado por um cardiologista de Resende e por um enfermeiro, que também é funcionário da Concessionária da CCR Nova Dutra - disse Ana Paula, explicando que o equipamento permitirá que a equipe da unidade faça a desfibrilação no paciente, em caso de parada cardíaca, até que o coração volte a bater, e ele possa ser transferido para o hospital.


Segundo a Superintendente, inicialmente as unidades que receberão os equipamentos são as mais distantes do Centro da cidade e que já possuem ambulância para o transporte de pacientes: Visconde de Mauá, Pedra Selada, Fumaça, Serrinha/Capelinha, Bagagem e Engenheiro Passos, entre outras, mas o objetivo é que em breve todas as unidades de atenção básica disponham do aparelho.


O outro curso, de Capacitação em atendimento a pacientes vítimas de trauma, acontece nesta quinta-feira, dia 26, às 9 e às 13 horas, no Pátio da NovaDutra. Os mesmos profissionais que passarem pelo primeiro curso receberão capacitação em técnicas de imobilização para o devido transporte e manuseio do paciente até o encaminhamento ao hospital.


- Queremos melhorar o atendimento de urgência nos postos de saúde, estabilizando os pacientes para um encaminhamento adequado às unidades de emergência - frisou a superintendente.


Mais notícias no site: www.destaquepopular.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário