27 de setembro de 2013

Ossada encontrada em Resende pode se de Amarildo


A DAS (Divisão Anti-Sequestro) da Polícia Civil do Rio de Janeiro vai analisar as fotos da ossada encontrada na tarde de domingo, por um morador que passeava com o seu cão,e que preferiu não se identificar, um crânio e vários ossos (humano), em um matagal, na Rua Um, no bairro Montese, em Resende.


Não está descartada a possibilidade da ossada ser do pedreiro Amarildo, desaparecido há mais de dois meses da Rocinha. A perícia já separou fragmentos para ser enviada para análise.


O crânio estava pendurado pelo couro cabeludo em uma árvore e os ossos espalhados pelo chão e o local estava com sinais de queimado. O morador foi despertado pelo fato do cão ir ao encontro da ossada.


Mais notícias no site: www.destaquepopular.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário