23 de agosto de 2013

Caminhão levado pela GMVR ao Depósito Público tem 33 multas


No final da tarde dessa quinta-feira, dia 22, o supervisor Sandro encaminhou ao Depósito Público Municipal o caminhão baú placa LNR 3374, pertencente à empresa de transporte Nova União, que havia se envolvido em um acidente sem vítima no último dia 6, no bairro Aterrado, amassando toda a lateral do Corsa verde, placa LLI 8807. Foi feito o Brat (Boletim de Registro de Acidente de Trânsito), onde o condutor do caminhão, Jorgenaldo Valim Nascimento, de 30 anos, confirma que não conseguiu fazer a curva e amassou a lateral do outro veículo.


Na época, o condutor estava sem o documento de porte obrigatório e foi levantado que o veículo estava com o licenciamento atrasado desde 2009. O GM Israel, que fez o Brat, só não cumpriu com a medida administrativa prevista pelo CTB (Código de Trânsito Brasileiro), porque não havia vaga disponível no Depósito Público Municipal. O caminhão só foi liberado porque foi levado à garagem da empresa em um guincho, com a orientação de somente sair de lá para ser encaminhado ao Posto de Vistoria do Detran, para que as irregularidades encontradas fossem sanadas.


Na tarde de ontem, o dono do Corsa, Leandro Cássio da Silva, de 39 anos, esteve na sede da GMVR, dizendo que os responsáveis pelo caminhão não estavam nem mesmo atendendo aos telefonemas dele e que o caminhão continuava a rodar pela cidade tranquilamente. De acordo com o gerente Batista, ao fazer uma pesquisa pelo InfoSeg, descobriu que o veículo possui 33 multas de trânsito, além de ter junto ao banco de dados do Detran/RJ restrições administrativa e judicial.


Foi então dado o alarme para a supervisão e os inspetores da GMVR sobre a situação do veículo, que foi encontrado por volta das 16h, na Av. Lucas Evangelista, no bairro Aterrado, fazendo entrega de mercadorias e dirigido por Marcio da Silva Moraes Alvarenga. O veículo foi encaminhado ao Depósito Público Municipal, onde ficará até que sejam sanadas as irregularidades, incluindo a troca imediata dos pneus, que estão em péssimo estado de conservação. O caminhão foi autuado ter a documentação atrasada (2009), por não estar com os documentos de porte obrigatório e por estar com os pneus sem condições de uso.


Mais notícias no site: www.destaquepopular.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário