11 de dezembro de 2013

Homem desaparece na Baixada Fluminense depois de cair em rio


Um homem desapareceu ao cair em um rio no bairro de Rodilândia, no município de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Segundo informações da Defesa Civil do Estado, o pedreiro Martinho da Silva, de 50 anos, foi visto pela última vez por volta das 22h de ontem (10). Nesta terça-feira, bombeiros fazem buscas no local. Neste momento chove forte em todo o estado.


Eles também usaram a embarcação para resgatar passageiros de um ônibus que ficou ilhado em meio à enchente na noite de ontem. Além disso, dois rios entraram em alerta máximo devido à forte chuva que atinge todo o estado desde a madrugada de hoje. O Rio Pavuna, no município de São João de Meriti, e o Rio Botas, que corta os municípios de Belford Roxo e Nova Iguaçu, transbordaram em vários pontos, segundo o Instituto Estadual do Ambiente (Inea).


De acordo com a presidenta do Inea, Marilene Ramos, técnicos do instituto fazem ações de dragagem do Rio Botas para evitar enchentes na região. "Sabemos que esses rios transbordaram em vários pontos. Sem esse trabalho de dragagem, talvez os estragos fossem maiores. Existe muito lixo na margem desses rios e nós também estamos realizando um trabalho de limpeza para diminuir os impactos, até para as próximas chuvas", disse Marilene, que cancelou um voo que faria na manhã de hoje sobre os municípios de Japeri e Queimados.


Várias ocorrências foram registradas em toda a Baixada Fluminense. Nos municípios de Nilópolis e Anchieta, pelo menos duas pessoas ficaram feridas por causa de desabamentos em residências. Ainda não há informação sobre desabrigados e desalojados.


Mais notícias no site: http://www.destaquepopular.com.br/10984/Homem-desaparece-na-Baixada-Fluminense-depois-de-cair-em-rio.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário